O Óprima! 2014 está a chegar!

Imagem

cartaz

Anúncios

Óprima! 2013

cartaz_oprima_2013

O Óprima! é um encontro de Teatro do/a Oprimido/a e Ativismo, que se realizou pela primeira vez em 2012, em Lisboa, dinamizado por um conjunto de grupos e associações como a UMAR, os Estudantes por Empréstimo, o Teatro do Oprimido de Pombal, o grupo Sem Trilhos, o Ensaio sobre o Desemprego, o Movimento 12 de Março, a UMAR Açores e a cooperativa cultural Descalças.

Tendo como programa uma formação em Teatro do/a Oprimido/a (TO) e um conjunto de filmes, debates e sessões de teatro fórum, os seus objetivos passavam por aproximar e formar ativistas com ferramentas do TO; criar um espaço onde se pudessem ver peças já construídas com grupos de TO; permitir, nomeadamente a praticantes de TO, discussão política e teórica sobre sistemas de opressão e exemplos de intervenção; criar um espaço de partilha entre diferentes grupos de TO; e fazer chegar aos movimentos sociais pessoas que fazem teatro.

Este ano, o Óprima! terá uma segunda edição, mantendo o mesmo espírito e os mesmos objetivos, mas descentralizando a sua realização, multiplicando as formações (com 4 oficinas de curta duração), contando com a presença do Julian Boal para uma formação mais longa e criando novos espaços de discussão e de diálogo.

O Óprima! 2013 acontecerá na cidade de Braga, entre 7 e 12 de fevereiro de 2013, durante as férias escolares do Carnaval.

Sejam bem aparecid@s e juntem-se a nós neste encontro 🙂

Óprima! 2012

Um grupo de associações, grupos informais, experientes no teatro do oprimido ou curiosxs, juntaram-se para fazer acontecer o Encontro de Ativismo e Teatro do Oprimido – Ó Prima!2012. Durante 6 dias, vamos ter filmes, debates, formação, mesas redondas sobre o teatro do oprimido (TO) e sobre os activismos onde nos movemos: nas áreas da habitação, do trabalho, dos feminismos, da educação, dos direitos LGBT, do anti-racismo, imigração, anti-austeridade, da cultura, ecologia.

Com este encontro, queremos aproximar e formar ativistas com ferramentas de TO e dar visibilidade ao trabalho já desenvolvido por grupos de TO. Queremos também criar um espaço de discussão política sobre os diversos sistemas de opressão e construir coletivamente alternativas de intervenção e transformação social que passem pelo TO. Temos, ainda, a secreta vontade de criar uma rede de activismos de TO!

Sejam bem aparecid@s e juntem-se a nós neste encontro 🙂